4 Formas de Exercício que Podem Mudar a sua Vida Sexual

Pergunte ao Especialista de Amor: 4 Exercícios que Podem Mudar a sua Vida Sexual

Mudar a sua vida sexual.

Pergunta: Ouvi dizer que o exercício aumenta o desejo sexual, será verdade? Já reparei que quando estou a fazer amor perco energia com mais facilidade e não consigo estar na posição de missionário durante muito tempo. Que tipos de exercícios são recomendados para manter uma vida sexual activa?

Resposta: Ouviu bem. Não há melhor maneira para despertar a libido e aumentar o vigor sexual do que adicionar exercício físico regular à rotina diária. Ao estimular o movimento do corpo desperta as hormonas, aumenta a libertação de stress e melhora a circulação sanguínea e a força física. Mas os benefícios emocionais e mentais são, talvez, ainda mais inspiradores pois aumentam a autoconfiança e a persistência.

Talvez o benefício mais visível do exercício regular, para a construção de uma vida sexual ativa, seja o despertar da consciência do corpo! Entrar em contacto com o corpo, ouvir o coração bater no peito, a transpiração, a sensação de esforço nos músculos, todos estes fatores fazem qualquer pessoa relembrar sensações por vezes esquecidas. A energia e a sensação de viver num corpo desperto e funcional são sexy. Você sentir-se-à mais sexy e ganhará mais excitação quando o seu corpo se tornar mais forte e flexível e tirar da cabeça a imagem de corpo fraco e cansado.

O exercício desencadeia a libertação de endorfinas, as hormonas do bem-estar. Também aumenta a testosterona, que é um dos verdadeiros afrodisíacos naturais do corpo para homens e mulheres. O exercício é um dos melhores e mais naturais mecanismos para aumentar a testosterona. Não é surpreendente que um estudo feito a 30.000 homens, na casa dos 50 anos, constatou que o exercício vigoroso regular está associado a um risco inferior de disfunção eréctil na ordem dos 30%, em relação aos homens que não praticam atividade física.

Cardio e aeróbica - O sexo apaixonado estimula o coração e, à semelhança do exercício vigoroso, estimula o sistema nervoso simpático fazendo aumentar a frequência cardíaca e a pressão arterial. Exercícios aeróbicos regulares, tais como correr, andar de bicicleta, natação ou apenas andar a um ritmo acelerado, irão manter o coração preparado para todo o tipo de emoções debaixo dos lençóis. Um estudo recente demonstrou que mulheres que assistiram a um filme erótico, após 20 minutos de exercício, sentem-se mais excitadas e demonstram aumento do fluxo sanguíneo para os órgãos genitais comparando com o grupo de mulheres que visualizaram o filme sem praticar exercício antes. Sentir o nosso próprio corpo a trabalhar é onde começa a excitação.

O exercício é fundamental.

Treino da força interior - Pilates é sinónimo de força interior. A rotina deliberada e concentrada de aprender a reconhecer as estruturas complexas de músculos e ligamentos permitem mantermo-nos firmes e eretos e viver sem dores nas costas. Após décadas a lidar com dores nas costas, comecei a praticar Pilates várias vezes por semana. Esta prática mudou literalmente a minha vida. A força e a confiança são apenas parte dos benefícios de viver livre de dores. A energia, flexibilidade e enorme satisfação que sinto durante a intimidade são alucinantes. Aprender sobre a anatomia pélvica e desenvolver a força nos quadris é a medicina anti envelhecimento do nosso tempo.

Ganhar músculo - Manter o seu corpo forte e ágil, quer seja através de uma rotina regular de flexões e agachamentos ou de um programa de levantamento de pesos, é importante para sexo bom. Não só o corpo mantem o vigor mais tempo, como a massa muscular evita que a pessoa se magoe com facilidade. O físico traduz-se no emocional e mental, o que significa que quando se sentir fraco fisicamente isso terá repercussões no seu estado mental e emocional.

Flexibilidade - Aquilo que dá sentido à nossa força tanto na cama como no resto da nossa vida é a nossa flexibilidade. Dedicar tempo a sentir o nosso ser e a libertar a tensão que reside no nosso corpo é uma metáfora para a vida. Aprender a manter posições de flexibilidade e a tornar as nossas pernas, tronco e zona pélvica ágeis e flexíveis dá-nos a capacidade de responder sexualmente. Uma vez mais, aquilo que vive dentro de nós reflete-se muitas vezes fisicamente no nosso mundo emocional e mental. Tornar o nosso corpo flexível ensina-nos a descomprimir e relaxar. Alguns exercícios bons para incluir no dia-a-dia são as aberturas pélvicas que estendem os quadris e despertam o desejo sexual escondido no nosso corpo.

Enquanto o sexo em si talvez seja o exercício mais divertido e gratificante, alargar horizontes e experimentar a força, resistência e flexibilidade que vivem no nosso corpo irão não só melhorar o estado de saúde, como também aumentar o bem-estar e a experiência sexual de uma maneira que dificilmente consegue imaginar!

Adaptado de Ask the Loveologist: Four Life Changing Exercises for Sex por Wendy Strgar

Poderá também ter interesse em: