13 Formas de Comer Melhor e Mais Barato

Compre melhor com menos dinheiro!

Um estudo recente revelou que grande parte dos Canadianos não consegue fazer face as despesas relacionadas com a casa e alimentação. E tenho a certeza que esta estatística é comparável à dos EUA e a outros países desenvolvidos. O relatório diz ainda que estas pessoas escolhem frequentemente alimentos pouco saudáveis, pois acreditam que são mais baratos e que não têm capacidade financeira para se alimentar saudavelmente.

Deste modo, no meu esforço de ajudar todos aqueles que têm problemas a nível financeiro (não é o que se passa com a maioria das pessoas hoje em dia?),  compilei algumas das minhas favoritas maneiras de comer de uma forma mais saudável e económica:

1. Cozinhe a dobrar ou a triplicar e congele as sobras. Irá diminuir drasticamente o gasto em compras de alimentos embalados. Irá comer de forma mais saudável economizando tempo também.

2. Consuma frutas e vegetais da época, tanto quanto possível. Os alimentos da época são mais baratos. Além disso, estará a ajudar o ambiente por comer alimentos cultivados localmente.

3. Preste mais atenção quando faz compras. Planeei as suas refeições em torno de alguns dos alimentos mais baratos que encontrar.

4. Adicione mais feijão à sua dieta. O feijão é super nutritivo e barato. Pode ser cozido sem esforço durante a noite numa panela de cozedura lenta. Antes de se deitar, junte a uma caneca de feijão seco 6 canecas de água numa dessas panelas, e deixe-o cozer durante toda a noite. De manhã, escorra e lave e está pronto para usar na sopa, guisado, chili, salada ou outras receitas.

5. Coma mais refeições vegetarianas. A carne tende a ser mais cara, já para não falar que prejudica o meio ambiente e o seu corpo.

6. Dê uma olhadela num livro de um chef de cozinha: usar um mix de vegetais a base de cenouras, aipo e cebola picados, acrescenta bastante sabor aos pratos e principalmente às sopas, guisados ou arroz. Estes estão entre os vegetais mais baratos.

7. Compre, tanto quanto possível, em mercados de agricultores locais em vez de nos supermercados. A maioria dos alimentos dos agricultores não têm os custos de transporte, distribuição, armazenagem, entre outros. Além disso os alimentos são mais frescos e frequentemente mais nutritivos e é uma ajuda para melhorar o ambiente.

8. Cultive os seus próprios legumes e ervas. Plantar ervas aromáticas ou couves é mais fácil do que pensa. Não tem a certeza de como fazer? Veja num livro que tenha instruções passo a passo.

9. Compre produtos sazonais em grande quantidade e congele-os. Desde frutos vermelhos, a tomate, a pimentos verdes e vermelhos picados, muitos legumes e frutas podem ser congelados.

10. Procure os alimentos saudáveis na zona de produtos dietéticos no supermercado. Aqui encontrará os grãos integrais de baixo custo, feijão, sementes, nozes e farinha. Normalmente são substancialmente mais baratos do que os embalados. E menos embalagens é melhor para a sua carteira e para o planeta.

11. Compre no perímetro do seu supermercado. Aí encontrará as opções mais saudáveis e frescas. Os corredores do centro são reservados principalmente aos alimentos embalados, que tendem a custar mais e a estar carregados de açúcar, gorduras processadas e aditivos perigosos para o organismo.

12. Faça os seus próprios lanches. Os lanches processados contêm ingredientes que deve evitar e tendem a ser caros. Faça bolachas ou outro petisco com ingredientes naturais saudáveis.

13. Planeie com antecedência. Uns minutos a planear as suas refeições e a lista de supermercado podem poupar-lhe muito dinheiro em compras de impulso.

Alimentar-se de forma saudável não tem que ser caro. A maioria dos meus clientes ficaram surpreendidos ao aprender quão pouco cara pode ser a comida saudável.

 

Adaptado de 13 Ways to Eat Healthier on a Budget de Dr. Michelle Schoffro Cook

 

Poderá também ter interesse em:

  1. Truques Para Gastar Menos Nas Compras De Natal
  2. 10 Alimentos Saudáveis Que Afinal Fazem Mal
  3. Guia Para Jantar For a Saudável