5 maneiras do stress fazer engordar

5 maneiras do stress fazer engordar

Procure formas de reduzir o stress na sua vida!

Tem tentado perder peso, praticando exercício e controlando o que come, mas não está a conseguir? Pode estar relacionado com o facto de, por exemplo, trabalhar até muito tarde todas as noites. O stress crónico – obrigações familiares ou o trabalho que constantemente temos que cumprir no curto espaço de tempo de que dispomos –  pode prejudicar os nossos esforços para perder peso e afetar a nossa saúde de várias maneiras.

Veja como o stress crónico pode engordar :

1)    Retarda o metabolismo

O metabolismo é essencialmente uma mistura de várias hormonas atuando no organismo. Quando as hormonas existem nas combinações certas, os órgãos e os processos do organismo – como a digestão e equilíbrio do açúcar – funcionam de maneira adequada para uma saúde ideal.
O stress crónico desequilibra as hormonas, retardando o metabolismo. Adrenalina e cortisol inundam o corpo durante períodos de stress, podendo assim reduzir a capacidade do corpo para queimar calorias, gorduras e açúcar.

2)    Interfere com os mecanismos da fome

As hormonas são também responsáveis pelos sinais de fome. A grelina é a hormona responsável pela fome, e a leptina é aquela que nos faz sentir saciados. Quando estamos sob stress, o corpo suprime os níveis de leptina e aumenta os níveis de grelina, fazendo com que tenhamos vontade de comer mais e não nos sintamos saciados. Acabamos por ingerir muito mais calorias do que o corpo precisa, aumentando a gordura.

3)    Aumenta o desejo

O stress crónico não só faz sentir fome como também dá vontade de comer alimentos ricos em gordura e açúcar. Desencadeia um desejo intenso de ingerir alimentos calóricos que originam o acumular de gordura. Quando comemos este tipo de alimentos recebemos uma quantidade de hormonas de bem-estar que pacificam o stress, originando uma resposta que vamos querer procurar sempre que voltarmos a sentir stress e quisermos sentir-nos bem. Esta situação cria um ciclo vicioso, difícil de quebrar.

4)    Desregula os níveis de açúcar no sangue

A insulina é a hormona que regula o açúcar no sangue. Quando existe stress crónico, o corpo não é capaz de regular a insulina, podendo causar uma série de problemas. A sensibilidade à insulina pode aumentar a capacidade de armazenamento de gordura no corpo. Pode também criar oscilações na quantidade de açúcar no sangue originando a necessidade de comer alimentos ricos em calorias e gordura. Tudo isto pode dificultar a perda de peso e provocar o seu aumento.

5)    Provoca acumulação de  gordura abdominal. Os altos níveis de cortisol libertado durante o stress podem causar inúmeros efeitos secundários nocivos. Uma das consequências desagradáveis é o armazenamento de gordura em torno do abdómen. Mesmo que consiga perder peso, os níveis elevados de cortisol podem localizar a gordura na zona abdominal.

Se há muito tempo tenta perder peso sem sucesso, está na hora de repensar a sua dieta e programa de exercícios. O stresse crónico pode prejudicar os seus objetivos de perda de peso e ainda contribuir para o seu aumento. Procure maneiras de reduzir ou eliminar o stresse na sua vida e ficará surpreendido com os resultados na balança.

Adaptado de 5 ways stress maybe making you fat 

Poderá também ter interesse em: