10 escolhas de que se vai arrepender em 10 anos

10 Escolhas que se vai arrepender em 10 anos

Escolha o seu destino

Uma decisão pode tornar-se um hábito, e os hábitos criam uma realidade. Aqui estão 10 opções de peso. Aprenda a ser
consciente das decisões que toma para que, dentro do possível, viva como um vencedor:

1.     Usar uma máscara para impressionar os outros.

Se uma pessoa utiliza sempre uma máscara, um dia poderá não haver nada por baixo dela. Quando passamos muito tempo preocupados com a perceção que os outros têm de nós ou como gostariam que fossemos, provavelmente acabamos por esquecer quem realmente somos. Não tema os juízos dos outros; no fundo, todos sabemos quem somos e aquilo em que acreditamos. Não precisamos ser perfeitos para impressionar e inspirar os outros. Deixe-os ficar impressionados e inspirados com a maneira como lida com as suas imperfeições.

2.     Deixar que os outros criem os nossos sonhos.

O maior desafio na vida é descobrir quem somos; o segundo maior é ser feliz com o que descobrimos. O mais importante é a decisão de permanecer fiel aos próprios objetivos e sonhos. Há pessoas que não concordam com o seu ponto de vista? Ótimo. Isso significa que está a defender a sua posição e a seguir o seu próprio caminho. Às vezes fazemos coisas consideradas por outros como “loucas”, mas quando se entusiasmar ao ponto de perder a noção do tempo, saberá que está no bom caminho.

3.     Manter más companhias.

Não deixe que alguém com má atitude a passe para si. Não se deixe atingir. Se não entregar a arma, ninguém poderá puxar o gatilho. Quando se lembrar que a companhia de pessoas negativas é uma escolha e não uma obrigação, pode livremente optar por companhias de compaixão em vez de raiva, de generosidade em vez de ganância e paciência em vez de ansiedade.

4.     Ser egoísta e egocêntrico.

Uma vida cheia de atos de amor e bom carácter deixa marca. Aqueles que inspiramos e com quem partilhamos o nosso amor vão lembrar-se para sempre de como os fizemos sentir. Grave o seu nome nos corações e não em pedras. O que fazemos só por nós morre connosco; O que fazemos pelos outros e pelo mundo, permanece.

5.     Evitar a mudança e crescimento.

Se quer perceber o seu passado, observe as condições em que vive no presente. Se quer antever o futuro, tome atenção às ações presentes. Deve deixar ir o passado, abrindo caminho para o futuro; o que passou não volta mais. Apercebendo-se desta realidade e tomando medidas para a enfrentar, posiciona-se para um sucesso duradouro.

6.     Desistir quando as coisas se complicam.

Não há fracassos, apenas resultados. Mesmo quando as coisas não correm da maneira que esperava, não desanime ou desista. Aprenda o que puder e siga em frente. Quem avança um passo de cada vez, vence no final. Porque a batalha é sempre ganha muito antes da vitória final. É um processo que ocorre com pequenos passos, decisões e ações que gradualmente conduzem ao glorioso momento triunfal.

7.     Tentar controlar todas as coisas.

A vida deve ser vivida com tranquilidade, não de forma sufocante. De vez em quando temos que relaxar e deixar a vida acontecer sem preocupação constante e micro gestão. Aprenda a deixar andar antes de stressar. Respire fundo. Quando a poeira assentar e voltar a ver o caminho, dê o próximo passo em frente. Não é preciso saber exatamente onde vamos para chegar ao ponto certo. Tudo na vida está em perfeita ordem mesmo que ainda não se tenha apercebido. Demora algum tempo a ligar todos os pontos.

8.     Contentar-se com menos do que merece.

Seja suficientemente forte para deixar a vida correr e inteligente para aguardar o que merece. Às vezes é preciso cair mais fundo para depois se levantar ainda mais alto. De vez em quando convém que os olhos sejam lavados pelas lágrimas para que consiga voltar a ver com clareza as possibilidades à sua frente. Não se acomode.

9.     Ficar eternamente à espera de amanhã.

O problema é que achamos sempre que temos mais tempo do que na realidade existe. Mas um dia vai acordar e não haverá mais tempo para concretizar aquilo que sempre quis fazer. E nesse momento, ou atingiu os objetivos e metas a que se propôs, ou terá uma lista de desculpas para não o ter conseguido.

10.     Ser preguiçoso e sem ambição.

O mundo não nos deve nada, mas nós devemos-lhe qualquer coisa. Então, pare de sonhar e comece a agir. Cresça. Assuma a responsabilidade da sua vida, tome-lhe as rédeas. Todos somos importantes e necessários. Já é tarde para ficar sentado à espera que alguém faça alguma coisa um dia. Um dia é agora; e esse alguém de que o mundo precisa somos todos nós.

Adaptado de 10 choices you will regret in 10 years 

Poderá também ter interesse em: