5 alimentos típicos de Natal a evitar

5 alimentos típicos de Natal a evitar A loucura da época das comidas em excesso já começou. Almoços e jantares de empresa, de amigos, vizinhos, já para não falar dos excessos que cometemos nos dias de Natal e Ano Novo.

Para além das calorias e gorduras, algumas das comidas desta altura do ano são especialmente perigosas, quer pelos quimicos causadores de cancro, quer pelos metais pesados tóxicos, quer pelas modificações genéticas e ingredientes artificiais contidos nestes alimentos

De facto, ainda há pessoas que pensam que os bolos caseiros normais, tipo pão de ló, são inofensivos porque tem pouca gordura. Como se enganam! É como se voltassemos a 1986, altura em que os médicos garantiam que os ovos faziam mal à saude e que os óloes vegetais semi hidrogenados faziam baixar o colesterol e o risco de ataque cardiaco.

Para os que querem beneficiar da sabedoria e pragmatismo nutricional de 2013, saiba o que precisa mesmo evitar  este Natal:

1.    Bolos de Natal corados artificialmente

Se é corado artificialmente, é mau. No que respeita a bolos de Natal, queques, muffins e outras coisas más, muita gente  acha que, de alguma forma, na época de Natal os bolos devem ser coloridos com verde e encarnado.

Como se faz uma fornada de bolinhos de Natal? Pega-se em bolinhos normais e pintam-se com corantes verdes e encarnados. Depois enchem-se os filhos com estas “bombas” para mais tarde os pais desesperarem com deficits de atenção e hiperactividade nas crianças

2.    Tudo o que contenha “redutores” de origem vegetal

Para além do facto dos redutores de origem vegetal estarem cheios de gorduras trans e tenham sido declarados “não seguros” pela FDA, são também uma fonte de cádmio, um metal pesado tóxico que permanence no corpo humano por cerca de 30 anos. Para além disso, estes redutores são feitos a partir de soja geneticamente modificada, o que significa que quando está a consumir estes alimentos, está a financiar a multinacional de sementes Monsanto.

Virtualmente todos os biscoitos ou bolos produzidos industrialmente são feitos com redutores de origem vegetal. Veja bem as etiquetas que dizem “oleo de soja parcialmente hidrogenado”.

3.    Carnes processadas com nitrito de sódio cancerígeno

Tenha atenção às carnes processadas da época de Natal, especialmente as que não precisam de frigorífico. Nunca se questionou porque duram tanto tempo nas embalagens de plástico, sem apodrecerem? É porque são feitas com nitrito de sódio, um químico canceroso que mata as bactérias.  O nitrito de sódio aumenta o risco de leucemia, cancro no pancreas e no colon e tumor no cérebro. Pode-se encontrar em quase todas as carnes processadas, incluindo salsichas.

Se for suficientemente doido para comer estes alimentos, certfique-se que toma bastante vitamina C para minimizar o efeito cancerígeno do nitrito de sódio

4.    Bebidas doces e batidos feitos com açúcares refinados.

Tenha atenção aos batidos e bebidas com produtos lácteos. Para alem de lacticinios com muita gordura, estão cheios de açúcar refinado. Pior ainda, alguns são feitos com xarope de milho rico em fructose. (veja as etiquetas)

5.    Recheios para carnes e aves.

Veja os ingredientes dos recheios para carnes disponiveis nas lojas e verá que contem  glutamato monossódico (MSG), um veneno neurológico que mata as células do cérebro, para além da excitotoxina e da quantidade de outros alimentos desta altura do ano que provocam danos no cérebro.

Mais uma aviso:  álcool + analgésicos (comTylenol).

Bebe-se muito nesta altura do ano e muita gente não realiza o perigo extremo de combinar álcool com tylenol. Tomar álccol com analgésicos com Tylenol, como o paracetamol, pode causar danos permanentes no fígado e mesmo a morte.

Conclusão: Proteja a sua saúde durante esta época natalicia. Afaste-se de alimentos com toxinas e não tome comprimidos quando beber álccol. Se for esperto, desfruta o Natal e estará ainda saudavel e vivo no próximo ano.

Adaptado de Top five holiday foods that promote cancer, diabetes, heart disease and premature death de Mike Adams

Poderá também ter interesse em: