Quantas horas de sono realmente precisamos?

Quantas horas de sono realmente precisamos?

Quando está a ver televisão à noite, já tarde, vem aquele sentimento de culpa, porque sabe que tem de se levantar para o trabalho às 7h da manhã. Aí convence-se que precisa apenas de 5 ou 6 horas de sono. Mas será isso suficiente para ficar alerta no trânsito de manhã e enfrentar um dia de 8 horas de trabalho?

Tomar bebidas energéticas e fazer sestas?

De facto a maioria das pessoas passa cerca de um terço da vida a dormir. A quantidade de horas de sono recomendada depende de vários factores. De acordo com a National Sleep Foundation, não existe um número ideal de horas que uma pessoa precisa de dormir. Em vez disso, há apenas diretrizes para ajudar a determinar as horas de sono de que cada um precisa. Se consumir cafeína ou bebidas energéticas para se manter alerta durante o trabalho, vai precisar de deixar de ver televisão até tarde e ir para a cama mais cedo (ou fazer mais exercício físico). O mesmo é válido se der consigo a dormir uma sesta durante a sua hora de almoço.

Sono basal vs. défice de sono

Sono basal é o número de horas que precisa de dormir regularmente para se sentir bem e com energia. Défice de sono é o sono que perde devido a maus hábitos, doença ou outras causas. Estudos revelam que a maioria dos adultos saudáveis ​​precisam de 7 a 8 horas de sono basal. Mas se tiver ficado com o sono atrasado devido a uma festa à noite ou uma forte constipação, pode ser necessário recuperar o sono perdido dormindo mais horas no dia seguinte. Um artigo escrito por Hans Van Dongen Pa, Naomi L Rogers e David F Dinges da Universidade da Pensilvânia fala do Sono basal e do débito de sono em grande detalhe. Resumindo : Não dormir o suficiente (menos de 6 horas) pode levar a todos os tipos de problemas. Por um lado, o seu IMC (Índice de Massa Corporal) vai aumentar, uma vez que a privação de sono fará com que coma mais. Pode ainda elevar o risco de diabetes e problemas cardíacos, aumentando o risco de doenças psiquiátricas, como a depressão. O défice de sono pode afectar a capacidade de concentração e memória.

A Média Ideal

Pesquisas com mais de 1 milhão de adultos realizadas pela American Cancer Society revelaram que as pessoas que dormiam sete horas se mantinham mais saudáveis após seis anos do que aquelas que dormiam mais e menos. Outro grupo de pesquisadores descobriu que aqueles que dormiam apenas 6 horas apresentavam níveis de reação comparáveis a um nível de álcool no sangue de 0,1 por cento. As pessoas com apenas 4 horas de sono dormitaram durante os testes cognitivos. Conclusão: Aqueles que rotineiramente dormem menos de sete horas podem ter problemas cognitivos; os dorminhocos (mais de 8 horas), podem aumentar o risco de doenças do coração, obesidade e diabetes.

Adaptado de How Much Sleep Do We Actually Need? de Alex A. Kecskes

Poderá também ter interesse em: