12 Dicas para sobreviver à época de Natal sem aumentar o peso

12 Dicas para sobreviver à época de Natal sem aumentar o peso

Previna os exageros de Natal

 

Cá estamos outra vez – uma série de festejos de Natal que trazem inúmeras oportunidades para exageros. Apesar de ser a época para estarmos alegres, para onde quer que olhemos deparamos com as tentações dos alimentos de Natal. Acha que a constante exposição a goluseimas compromete a sua força de vontade? O que pode fazer para evitar deslizes? A solução é mudar a sua forma de pensar. Siga estas dicas para evitar exageros este Natal:

  1. Prepare-se. Não espere pelo dia de Natal para começar a comer saudável. Prepare-se com antecedência como se preparasse uma maratona. Limpe o organismo já, para que se habitue a sentir-se saudável
  2. Faça um plano. Olhe para a época como um todo e anote as festividades, jantares de família, obrigações de trabalho que estejam agendadas. Reveja as suas fraquezas: doces, álcool, molhos pesados ou fritos. A seguir, planeie como lidar com cada evento. Talvez possa admitir algumas escapadelas, mas faça opções antes de entrar na porta.
  3. Não salte refeições. Nos dias dos eventos, pode sentir-se tentado a saltar refeições para “poupar” calorias. É uma má ideia que o vai deixar com fome, mal disposto e mais exposto a exageros. Se estiver com fome, vai comer mais aperitivos e tomar mais bebidas. Em vez disso, faça um pequeno almoço saudável, almoce moderadamente e coma algo ligeiro antes de ir para o evento. Vai mais calmo e faz melhores escolhas.
  4. Faça um reconhecimento. Quando chegar, olhe primeiro para a comida. Dê a volta ao buffet e espreite as sobremesas para ajustar o seu plano. Se há alimentos que não costuma comer, não o faça só porque estão lá. Escolha só coisas que relamente gosta. Fique atento a opções mais leves tais como fruta, vegetais e saladas.
  5. Faça uso da sua detreminação. Arranje um mantra para repetir quando se sentir tentado: “Afastem de mim estes doces”, “Não quero ficar com barriga” “Gosto do meu corpo assim”
  6. Redireccione o seu foco. Claro que há muito mais do que comida na época de Natal. Foque-se nas pessoas que se juntam, no amor, gratidão e convívio que partilham.
  7. Procure um amigo. Sente-se ao lado da pessoa mais saudável da festa. Somos influenciados pelos que nos rodeiam. Fará melhor escolhas por associação.
  8. Coma conscientemente. Adora bolo-rei? Não pegue numa fatia apenas porque ninguém está a olhar. Em vez disso, faça uma escolha consciente, coma um pouco e desfrute mesmo. Sirva-se, sente-se e saboreie cada bocado. Ficará mais satisfeito e com menos tendência a exagerar. Quando acabar não sinta culpa, nem vergonha.
  9. Esvazie o prato. Quando se sentir satisfeito, leve o prato para a cozinha e deixe-o lá para não ser tentado a comer mais.
  10. Mantenha-se hidratado. Muitas vezes confundimos sede com fome, portanto beba muita água. Beba um copo de água entre cada bebida alcóolica e antes da sobremesa. Se for em sua casa, deixe jarros de água disponíveis em vários sítios.
  11. Receba saudável. Se vai cozinhar ou tratar das comida não se exponha deliberadamente à tortura. Não é obrigado a servir comidas que levam a exageros, só porque é tradição. Sirva versões saudáveis das receitas tradicionais. Lembre-se: não há ninguém que queira ganhar peso no Natal ou ficar doente. Alimentos saudáveis é uma forma de cuidar de quem gosta. E provavelmente nem vão notar.
  12. Imponha limites. Lembre-se: cada dia de festa é um dia. Se ficaram restos, permita-se atirá-los fora sem sentimentos de culpa. Se no dia seguinte continuar a alimentar-se da mesma forma, vai minar a sua determinação. No dia seguinte ao Natal, faça um novo começo e prepare-se para chegar ao Ano Novo com saúde.

 

Adaptado de 12 tips for surviving the 12 dayz of Christmas without adding extra pounds de Care2.com

 

Poderá tambem ter interesse em: