Como pedir desculpa de forma adulta

Como pedir desculpa de forma adulta

pedir desculpa de forma qualificada

 

Ninguém gosta de estar na posição de ter de pedir desculpa. E por vezes fazemos tudo para evitar fazê-lo, mesmo sabendo que é a atitude mais correcta. Mesmo que não queiramos parecer fracos, ou mesmo que tenhamos dificuldade em enfrentar o outro, se somos adultos devemos aprender a pedir desculpa. Considere algumas destas sugestões, antes de engolir o o orgulho e dizer as palavras difíceis.

 

1. Diga mesmo “Peço desculpa”

Muitas vezes encontramos pessoas que pensam que um simples “erro meu” é suficiente para assumir a responsabilidade do assunto. Há ocasiões em pode ser apropriado, mas se provocou desconforto ou ofendeu outra pessoa, não chega. Ir mais longe e dizer “peço desculpa” pode ferir o ego mas significa que é uma pessoa consciente do impacto que provocou nos outros.

 

2. Empatize com a outra pessoa.

É fácil em teoria, no entanto pôr-se na pele da outra pessoa pode ser desconfortável. Em que medida o seu comentário jocoso afectou o outro? Como se sentiu magoada a outra pessoa pelo esquecimento ou desatenção? Que tal a sensação de suportar a sua irritação depois de um mau dia? Praticar a empatia agora pode evitar futuros pedidos de desculpa.

 

3. Aprenda a linguagem do pedido de desculpas

Não sabe como fazer? Dependendo da situação, várias formas de pedido de desculpa podem ser aplicadas. Expressar arrependimento pelas acções, aceitar responsabilidade, compensar, expressar desejo de mudar e pedir perdão são algumas das fórmulas.

 

4. Não anule o pedido de desculpa com agressão passiva.

“Peço desculpa, mas..” não é a forma mais correcta, porque o que normalmente vem a seguir é a repetição da ofensa. Na mesma linha “peço desculpa de o ter ofendido” também não é grande ideia, porque parece estar a acusar a outra pessoa de ter sentimentos. Volte à questão da empatia e opte pela abordagem mais compreensiva e com mais compaixão.

 

5. Não peça desculpa se não for necessário

Alguns de nós não tem dificuldade em pedir desculpa, só que fazem-no demasiadas vezes, pedindo desculpa por coisas que não o merecem. Se por exemplo pedir desculpa por introduzir a sua opinião numa conversa, ou por ter sido empurrado ou por pedir ajuda, pare. Em vez de pedir desculpa, que tal perguntar se pode dizer alguma coisa sobre o assunto? Crie confiança dizendo apenas o que sente necessidade de dizer.

 

Com estas considerações básicas, podemos ser melhores pessoas e tornarmo-nos comunicadores mais empáticos.

 

Adaptado de How to apologize like an adult de Katie Medlock

 

Poderá também ter interesse em: